Gerenciamento de Fluxo de Tráfego Aéreo (ATFM)

Um aspecto chave da ATFM é “Demanda” e “Capacidade”. A função “equilíbrio de demanda e capacidade” leva em conta os fluxos de tráfego e as capacidades de aeródromo do sistema para permitir que os usuários do espaço aéreo determinem quando, onde e como operam, ao mesmo tempo em que mitigam as necessidades conflitantes de espaço aéreo e capacidade de aeródromo. Ademais, prevê uma avaliação de tais fluxos de tráfego e capacidades de todo o sistema, meteorologia e infraestrutura, a fim de planejar as ações necessárias em tempo hábil.

No final da década de 1990, as necessidades conflitantes de espaço aéreo e capacidade aeroportuária no cenário do tráfego aéreo brasileiro trouxeram a exigência de um Gerenciamento de Fluxo de Tráfego Aéreo totalmente estabelecido, projetado principalmente para minimizar restrições aos fluxos de tráfego devido aos estrangulamentos de capacidade. A avaliação manual da situação, com base na experiência operacional e na análise histórica, já não era viável ser realizada de forma satisfatória, devido ao elevado volume e complexidade dos dados a processar. A solução ATFM automatizada da Atech oferece aos gerentes de Unidades da ATFM uma perfeita consciência situacional e opções de suporte à decisão, que possibilitam a implementação de uma ampla gama de medidas nas fases estratégica, pré-tática e tática da gestão de tráfego aéreo.