O SIGMA é o sistema desenvolvido pela Atech em parceria com a FAB (Força Aérea do Brasil) para o Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea (CGNA), com o intuito de realizar a gestão dos movimentos aéreos de forma integrada. Com operação contínua, tem garantido o balanceamento entre a capacidade de atendimento do SISCEAB (Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro) e a demanda de movimentos aéreos. Com este sistema, é possível atuar estrategicamente na fase de planejamento dos voos regulares e taticamente durante a operação diária.

Desta forma, os impactos decorrentes da flutuação do equilíbrio entre capacidade e demanda ficam minimizados, garantindo a segurança das operações, a regularidade e a pontualidade dos voos. Na prática, o SIGMA contribuiu para reduzir o risco de eventuais atrasos durante grandes eventos realizados no Brasil, como a Copa do Mundo, em 2014, os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Em 2015, a consultoria britânica Official Airline Guide, especializada em inteligência de mercado de aviação, publicou que dois aeroportos brasileiros (Congonhas e Guarulhos) ficaram em 2° e 3° lugares, respectivamente, entre os 10 aeroportos tipo “mega-hub” com menor número de atrasos do mundo, fato que corrobora a eficiência do uso contínuo do SIGMA pelo CGNA.