Navegue
Indústria Siderúrgica
Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhe no Twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhe no Linkedin

Conheça os desafios da Indústria 4.0 na Indústria Siderúrgica

A Indústria Siderúrgica vem aproveitando as oportunidades de melhoria na produção oferecidas pelos sistemas e soluções que fazem parte da Indústria 4.0, implantando processos de produção inteligentes. ” e aproveitando as oportunidades apresentadas pela Indústria 4.0. A Indústria 4.0 significa siderúrgicas quase autônomas, com pessoas, produtos e instalações de produção totalmente conectados através da Internet das Coisas (IoT), documentando e avaliando todas as etapas da produção.

Na Indústria Siderúrgica, os sensores coletam grandes quantidades de dados e essas informações são interpretadas pela Inteligência Artificial (IA). Isso otimiza a linha de produção e cria sinergias em toda a instalação. E uma grande variedade de sistemas eletrônicos de medição e monitoramento registra, interage com a rede e usa numerosos parâmetros de máquina e produto para controlar a produção e garantir a qualidade. Isso facilita o planejamento de paradas para manutenção, aumenta a produtividade e garante a melhor qualidade.

Conjuntos de dados sobre o processo siderúrgico já estavam disponíveis anteriormente, mas as tecnologias da Indústria 4.0 estão abrindo novas possibilidades que permitem aos produtores de aço coletar mais dados de maneiras diferentes, dentre uma infinidade de sensores inteligentes e sistemas inteligentes que se comunicam através de uma rede local.

Por exemplo, quando uma laje de aço chega ao forno de reaquecimento, os sensores a laser verificam a entrada de ar. Os resultados são devolvidos à IA para obter a temperatura certa na placa. O calor da parte superior e inferior da laje de aço é então medido para aferir se há uma diferença.

As usinas siderúrgicas são operações 24/7, que precisam estar on-line. Assim como você não pode substituir o motor de um avião enquanto está no ar, é muito difícil substituir unidades individuais uma por vez na planta.

A digitalização também muda a maneira como a Indústria Siderúrgica interage com fornecedores e clientes, por exemplo, usando novas plataformas, aplicativos e outros sistemas on-line que oferecem rastreamento de pedidos e outros serviços. Assim, abre possibilidades para modelos de negócios totalmente novos.

Desafios da Indústria 4.0

A implementação da Indústria 4.0 traz mudanças significativas em muitos setores industriais e nos seus modelos de negócios e, claro, também na Indústria Siderúrgica. É por isso que devemos estar cientes dos desafios e entender como enfrentá-los neste momento de transformação.

  • Baixa segurança e desempenho

Provavelmente o maior obstáculo é a segurança digital. Integrar uma enorme quantidade de dados em diferentes sistemas através da rede de computadores não é uma tarefa simples. Com os dispositivos recém-conectados e a computação em nuvem, há novos riscos para a sua rede. À medida que o acesso à informação é ampliado, aumentam os riscos de violações de dados.

Manter as informações fora do alcance de pessoas mal-intencionadas é uma das principais prioridades para a TI. Existem novas medidas e ferramentas para rastrear e prevenir problemas, garantindo que a transmissão de dados seja segura.

A estabilidade, desempenho e confiabilidade da rede é outro ponto importante para a Indústria 4.0 para oferecer os benefícios esperados. Evitar problemas técnicos produz uma inovação mais bem-sucedida. Afinal, sistemas estáveis ​​e robustos são a base da comunicação entre máquinas.

  • Falta de conhecimento

A nova força de trabalho precisa agregar novas habilidades e conhecimentos, e a maioria das empresas está lutando para preencher cargos especializados. A falta de treinamento está atrasando o desenvolvimento e fazendo com que as empresas percam a competitividade no mercado.

  • Custos de implantação

O alto valor para implantar todos os serviços, aliada à falta de habilidades, são algumas das principais barreiras da Indústria 4.0. Levará ainda algum tempo para que todas essas tecnologias se tornem realmente acessíveis. Mas a Indústria Siderúrgica pode priorizar áreas críticas e começar com provas de conceito.

Uma solução para esse problema é trabalhar com parceiros de serviço. A Indústria Siderúrgica mão precisa contar com especialistas em TI e desenvolver sistemas e soluções proprietárias de IoT. A melhor estratégia é contar com um parceiro para implementar as soluções certas. Isso pode ajudá-lo a reduzir custos e alcançar um alto nível de desempenho.

Também é importante lembrar que, na maioria dos casos, esses ganhos de desempenho superam o investimento em tecnologia. Economizando recursos, otimizando processos e reduzindo falhas, é possível aumentar a produtividade e a eficiência da organização.

Novas tendências

A Indústria 4.0 está redefinindo o modelo de manufatura com novas tendências, ideias e tecnologias com soluções digitais projetadas para otimizar as operações da fábrica e aumentar a eficiência.

Por meio da automação e análise de Big Data, as fábricas digitalizadas contarão com equipamentos que podem tomar decisões proativas e baseadas em evidências. A nova face da manufatura também demonstrará produção customizada e personalizada em alta escala, com a otimização de padrões de comportamento e clientes mais engajados.

À medida que o ritmo da tecnologia acelera, a fabricação inteligente depende de métodos ágeis e iterativos para acompanhar as novas demandas. As empresas da Indústria Siderúrgica que aprendem, adotam e implementam técnicas da Indústria 4.0 estarão mais bem preparadas para ter sucesso no futuro digital.

Receba nossos conteúdos

Preencha seu email e receba nossos conteúdos sobre Gestão de Ativos

Entre em contato

Email: contato@atech.com.br
Tel.: 55 (11) 3103-4600
Rua do Rocio, 313 – 5° andar
Vila Olímpia – São Paulo – SP

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Criado pela Intelligenzia