CategoriesPassion For People

Gestão de Processos por Células – foco na satisfação dos stakeholders

Por: Denise Machado Silva

Fala-se muito na busca da excelência no ambiente empresarial. Isso pode ser muito efêmero se não for traduzido em processos claros, que levem a equipe a adotar padrões de excelência.

Ao criar o Programa Atech de Cultura de Excelência (ACE) (saiba mais aqui), foram definidos processos estruturados, que representam partes do Fluxo de Valor da Atech e são geridos pelas Células.

A Gestão de Processos por Células visa a integração entre todas as funções desempenhadas pela organização, garantindo o foco na entrega do valor esperado pelos stakeholders.

Para isso, além do organograma funcional da empresa, a Atech conta com uma estrutura por processos. No organograma convencional, as funções e hierarquias são apresentadas de acordo com cada área de atuação. Já na organização por processos, as funções são definidas de acordo com as células. Assim, os dois organogramas caminham lado a lado.

Confuso? Nem um pouco quando percebemos o quanto isso faz sentido dentro de uma organização que atua em projetos complexos e que podem ou devem conversar entre si, complementarem-se.

SISTEMÁTICA DE UTILIZAÇÃO DE CÉLULAS

As Células são unidades compostas por profissionais que podem ser de diferentes áreas, unidades de negócio, localizações geográficas e hierarquias, que compartilham um mesmo resultado. O objetivo principal das Células é garantir a produção de produtos e serviços que atendam às necessidades de todos os stakeholders, trabalhando em um sistema de “fornecedor e cliente”. São atividades vinculadas a cada uma das Células existentes:

  • Identificação, conhecimento e gerenciamento dos processos;
  • Gerenciamento de seus indicadores de resultados;
  • Promoção da melhoria contínua.

Para que a Célula possa alcançar seus objetivos, o Programa Atech Cultura de Excelência (ACE) conta com uma equipe de profissionais que promovem ações visando garantir a satisfação dos stakeholders, alinhado aos objetivos da organização de entregas sustentáveis, busca da melhoria contínua e perpetuidade dos negócios.

As Células são, necessariamente, formadas por um líder, um consultor ACE e membros que atuam em atividades vinculadas aos seus processos. Todos os colaboradores da Atech pertencem, necessariamente, a uma ou mais Células.

Cabem aos participantes de cada Célula:

  • Conhecer e apoiar o mapeamento dos processos organizacionais e disponibilizar as informações sobre eles, promovendo a sua uniformização e descrição em políticas, manuais e procedimentos;
  • Identificar, desenvolver e difundir internamente metodologias e melhores práticas da gestão de processos;
  • Promover o monitoramento e a avaliação de desempenho dos processos, de forma contínua, mediante a construção de indicadores apropriados;
  • Implantar melhorias nos processos, visando alcançar maior eficiência e eficácia no seu desempenho;
  • Minimizar riscos;
  • Reportar questões da qualidade, bem como tendências adversas à equipe envolvida.

São ferramentas utilizadas sistematicamente pelas Células:

  1. SIPOC: uma ferramenta para explicar processos de maneira macro, que identifica entradas e saídas, processos, fornecedores e clientes.
  2. Trabalho padrão: com o objetivo de gerenciar os processos, diminuir a variabilidade e aumentar a confiabilidade, é realizada a padronização dos processos das células em procedimentos e instruções de trabalho, que também servem de apoio na disseminação de informações e entrada para treinamentos e análise de melhorias.
  3. Riscos empresariais: os riscos internos ou externos relacionados aos objetivos estratégicos da Atech são mapeados e monitorados nas planilhas de riscos das células, definindo seus responsáveis e suas tratativas para assegurar que quaisquer materializações ou evoluções que venham a ocorrer sejam conhecidas e geridas em um nível aceitável.
  4. Torres de controle: representa os resultados de uma Célula permitindo que se realizem controle e análise dos resultados dos processos.  Nelas pode-se visualizar o atingimento dos resultados e usar estes dados para a tomada de decisão. Tem por base os indicadores de negócio alinhados à visão de excelência e à estratégia da Empresa e que meçam os resultados dos processos, como prazo, custo e qualidade dos produtos e serviços identificados no SIPOC das células.
  5. Clínica de melhorias: funciona por meio de reuniões rápidas, direcionadas para decisões. Nela são tratadas as reclamações de clientes, Indicadores do Processo e registros de oportunidades de melhorias. As clínicas ocorrem pelo menos duas vezes ao mês e possuem como pauta os desvios, oportunidades de melhoria e não conformidades. Ações devem ser definidas e formalizadas utilizando a sistemática, quando aplicável, da análise de causa e ações corretivas.
  6. Kaizen: método de gestão que tem como objetivo realizar a análise e eliminação de desperdícios com ações que resultam em melhoria na forma de realizar as atividades ou processos, ou do desempenho e recomendações para atividades/rotinas que demonstram alguma fragilidade, ou possam ser melhoradas.
  7. 5S (saiba mais aqui): ferramenta que permite o planejamento sistemático de utilização, ordenação, limpeza, padronização e disciplina no ambiente de trabalho, gerando assim, a melhoria contínua dos processos, maior produtividade, segurança e motivação dos funcionários.

 

excelência
CategoriesPassion For People

A Busca pela Excelência

Buscar a excelência não é um conceito novo. Pelo contrário, quem falou nisto pela primeira vez foi o filósofo grego Aristóteles (384-322 a.C.): “Somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto, não é um feito, mas um hábito! ”

Se entregamos algo perfeito hoje e, claro, perfeito de acordo com os nossos parâmetros, amanhã poderá e deverá ser melhorado. Logo, a excelência não é uma chegada, é uma busca. Uma mudança de mentalidade, de ser capaz de entregar hoje algo melhor do que ontem.  É não aceitar o “vai assim mesmo” porque você acredita que dá para fazer algo melhor.

Excelência para a Atech

“Excelência” compõe um dos valores da Atech e, por isso, incentivamos que todos não apenas busquem, mas pratiquem a excelência diariamente.

Para a Atech, excelência se traduz em ser simples e melhorar sempre.

Com o intuito de endereçar a importância do tema, lançamos, em 2013, o Programa Atech Cultura de Excelência – ACE, que foi desenvolvido com base nos princípios Lean, tendo como objetivo garantir a satisfação dos stakeholders, entregando valor de forma sustentável, buscando a melhoria contínua e perpetuidade do negócio Atech.

Os 5 princípios Lean que norteiam o ACE e, através dele, toda a cultura Atech, são:

  1. Especificar Valor sob a ótica do cliente

O que é importante para o cliente?

  1. Identificar e alinhar o Fluxo de Valor

Conhecemos detalhadamente nossos fluxos de valor?

Quais atividades agregam valor?

As atividades que criam valor estão alinhadas na melhor sequência?

  1. Realizar essas atividades em Fluxo Contínuo

Existem momentos em que o material ou informação para? Por quê?

  1. Sempre que alguém as solicita (Puxado)

Os produtos são produzidos somente quando necessários?

  1. Buscando sua Perfeição

Assumimos os desperdícios com naturalidade e indignação?

A Atech estimula seus funcionários a identificar melhorias no seu dia a dia, mediante inúmeras práticas balizadas nos princípios Lean. Acreditamos que a excelência é um dos principais pilares que asseguram o ganho da eficiência e a perpetuidade do negócio dado que, com a melhoria contínua, a organização se torna mais ágil e preparada para as mudanças do mundo, das tecnologias e da sociedade.  Para a Atech, a jornada para a Excelência não tem fim. E nesta infinitude, transformamos nossas entregas e produtos em algo com maior valor agregado, enfatizamos o hábito de pensar sempre na melhoria e, com isso, impactar positivamente nossa empresa e a sociedade.

 

CategoriesPassion For People

Compliance não é um modismo

Compliance não é um modismo. Mais do que um programa aplicado em empresas para garantir sua sobrevivência nos mercados, é uma atitude individual que, quando compartilhada por todos os membros de uma cadeia produtiva, leva a um maior nível da integridade corporativa e social.

Na recente história, encontramos inúmeros conglomerados e empresas de diferentes setores que não tiveram o nível de governança necessária para evitar operações ilícitas. O assunto, apesar de ser foco de preocupação mundial desde a década de 70, com as investigações relativas ao caso Watergate, vem ganhando força nesta última década.

Historicamente, o debate global sobre a importância do combate a atos ilícitos em transações empresariais foi o fator gerador de importantes travas, tais como o conhecido FCPA (Foreign Corrupt Practices Act), promulgado pelo governo norte americano, com o objetivo de coibir subornos transacionais por parte de empresas do país. Em 1997 a comunidade internacional conjugou esforços, universalizando instrumentos de combate à corrupção, através da Convenção sobre o Combate da Corrupção de Funcionários Públicos Estrangeiros em Transações Comerciais Internacionais, realizada pela OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). Em 2008, o rigor na aplicação das regras cresceu para os países do G-20. Em 2010, foi promulgado na Inglaterra o UK Bribery, um ponto de suma importância para a aprovação e execução de regulamentos por outros países.

Estatística do Banco Mundial estima um desperdício de 25% a 30% do PIB (Produto Interno Bruto) nos países onde existe um elevado índice de corrupção, número que, quando comparado aos 3% relativos aos países que possuem rigor no combate e prevenção de ilícitos, mostra o quanto a sociedade perde com o tema corrupção.

Neste sentido, a busca da prática do Compliance tem sido reforçada por muitas empresas. Na Atech, este tema tem sido foco de atenção desde 2012, com vistas a garantir o mais alto nível de integridade corporativa em todas as suas atividades. Iniciou-se quando a empresa publicou a primeira versão do Código de Ética e Conduta, cujas premissas visam apresentar a todos os públicos que se relacionam com a organização suas regras de conduta, sendo este código o alicerce de uma mentalidade guardiã da integridade, a principal referência para compartilhamento dos valores e regras.

Na sequência, diversas políticas foram implementadas e outras revisitadas, visando reduzir quaisquer tipos de zonas cinzentas e prevenindo a potencial conduta ilegal, antiética e imprópria, incluindo fornecedores, clientes e parceiros de negócios, sendo a principal delas a Política Anticorrupção.

Em 2016, implantamos um canal de denúncias que permite a investigação de questões éticas e de comportamento relacionadas a possíveis violações do Código de Ética e Conduta, da Política Anticorrupção e de demais políticas internas da Atech, leis e regulamentos. Gerenciado por uma empresa terceirizada e independente, o canal possibilita que os riscos potenciais encaminhados sejam tratados de forma consistente, garantindo o anonimato do denunciante e  uma detecção mais acurada de desvios de conduta.

Desde então, o tema “Compliance e ética” tem sido foco da organização, com acompanhamentos sistemáticos de práticas e constantes treinamentos internos.

Ao adequar o comportamento ético e sustentável, a Atech não apenas protege sua imagem, mas também garante acesso aos mercados e, principalmente, a sustentabilidade do negócio.

Nestes anos de implementação de uma mentalidade de Compliance e Ética, entendemos que a comunicação constante e canais abertos são as grandes ferramentas de conhecimento em relação às regras. Quando se soma a este conhecimento a ATITUDE DO AGIR CORRETO SEMPRE, entendemos que a empresa mirou sua atuação na AÇÃO RETA E IDÔNEA, garantindo um futuro com integridade.

melhoria contínua
CategoriesBeginner,  Excelência Operacional,  Passion For People

Conheça os três conceitos da melhoria contínua pela metodologia Lean

Por trás da filosofia de melhoria contínua está a busca constante do aperfeiçoamento de processos, produtos ou serviços. É uma estratégia que está sempre em movimento, seguindo o chamado ciclo PDCA (Plan, Do, Check, Act):

Planejar – Como o processo atual pode ser melhorado?

Executar – Implementar mudanças

Checar – Mensurar os resultados a partir de indicadores de desempenho

Ajustar – As mudanças estão funcionando? Em caso negativo, fazer os ajustes necessários

Apesar de parecer até simples na teoria, colocar em prática uma filosofia de melhoria contínua é bem mais complexa, já que prevê que todo e qualquer aspecto de uma operação pode ser melhorado, e também necessita do engajamento de todas as equipes, já que as pessoas que atuam no dia a dia desses processos é que estão na melhor posição para identificar as mudanças de devem ser feitas e todos os departamentos precisam estar alinhados aos objetivos de melhoria.

A melhoria contínua pela metodologia Lean

A filosofia Lean é uma metodologia de melhoria contínua que oferece uma forma estruturada para que as equipes possam manter a melhoria como principal prioridade, eliminando desperdício de tempo, materiais, mão de obra e outros recursos.

Além de acabar com o desperdício, toda iniciativa Lean precisa estar embasada em propósitos claramente definidos e orientados à criação de valor para o cliente. Os produtos e os serviços devem ser criados e entregues nas quantidades certas, nos locais corretos, no momento certo e em perfeitas condições.

 Os três conceitos que garantem a melhoria contínua

1 – A melhoria contínua pela metodologia Lean é uma cultura, não um evento

Talvez o maior diferencial entre o termo genérico “melhoria contínua” e a metodologia Lean é que a segunda é uma cultura, uma prática diária e constante, e não um evento ou ação isolada e sem continuidade.

A filosofia Kaizen (mudança para melhor) é que visa aprimorar cada processo por vez. Organizada em eventos, é criada sempre que algo precisa ser melhorado e, assim que seu objetivo é alcançado, sua função é encerrada.

Muitas empresas enxergam a melhoria contínua como um evento temporário ou uma ação para resolver um determinado problema. Mas as organizações que adotam a metodologia Lean enxergam a melhoria contínua como uma cultura, com práticas diárias que fazem com que entreguem mais valor aos clientes.

Flávio Augusto Picchi, presidente do Lean Institute Brasil, afirma que “isso significa, no contexto das empresas, buscar, cada vez mais, a agregação de valor em tudo o que se faz, olhar cotidianamente os processos sempre pelo ponto de vista dos clientes e questionar, a todo momento, se os processos da companhia estão, concretamente, criando valor para quem paga por eles”.

2 – A metodologia Lean é mais eficaz quando praticada em toda a empresa

Todos os departamentos de uma empresa precisam estar alinhados, engajados e dispostos a abraçar a nova cultura para que os esforços de melhoria contínua pela metodologia Lean sejam efetivos.

Caso contrário, um departamento pode melhorar o seu desempenho e otimizar seus processos, mas, se não estiver alinhado ao resto da empresa, pode prejudicar as atividades de outro setor e, ao final, prejudicar o negócio como um todo.

Vamos tomar como exemplo o departamento de Marketing que, atento somente à necessidade de melhorar seus processos internos, não aceite demandas ou não trabalhe em conjunto com outras áreas, atuando de forma isolado dos outros departamentos.

Sem o compartilhamento de informações, o Marketing pode desenvolver uma campanha para um produto que logo terá uma nova versão no mercado, ou mesmo usar um discurso totalmente diferente do usado pela equipe de vendas. Aplicar a melhoria contínua de forma isolada não se encaixa na metodologia Lean, que visa otimizar todos os processos em toda a empresa.

3 – A metodologia Lean ajuda a maximizar o valor e agilizar a entrega

O objetivo da melhoria contínua pela metodologia Lean é permitir que as equipes encontrem maneiras de oferecer mais valor aos seus clientes de forma mais rápida, implantando a cultura de melhoria contínua no dia a dia da empresa, usando o ciclo PDCA.

A meta é que a toda a empresa adote uma cultura Lean, sempre avaliando os processos e, também, tentando entender cada vez mais os clientes – antecipando as suas demandas e assumindo riscos calculados.

Picchi ressalta que “a capacidade de agregar valor ao cliente é o que fará a grande diferença entre as empresas que farão sucesso e as que vão fracassar. No mundo dos negócios e do trabalho, tendências mudam a todo momento. Elas vêm e vão, muitas vezes de forma rápida e repentina. Assim, independentemente dos caminhos a se seguir, adote uma base que certamente não muda e que vai lhe diferenciar em tudo o que fizer: ‘seja Lean’”.

 

CategoriesPassion For People

Atech inaugura nova filial em São José dos Campos com ambiente de trabalho colaborativo

A Atech inaugurou, nesta terça-feira (16/10), uma nova filial em São José dos Campos, localizada no Centro Empresarial IV do Parque Tecnológico. O local deve abrigar cerca de 276 funcionários da área de Negócios Corporativos, responsável pelo desenvolvimento de soluções de Gestão de Ativos, Logística, Segurança Digital e Conexões Inteligentes, que compõem a plataforma OKTO.

Com ambiente de trabalho colaborativo e inovador, baseado no conceito de clean desk, que visa oferecer um ambiente mais diversificado, agradável e produtivo, o espaço conta com posições de trabalho de uso livre, com mesas compartilhadas e utilizadas de acordo com a tarefa.

A nova filial, que possui, ao todo, com 480 m², traz ainda uma série de outros espaços colaborativos, como tablados, sofás e salas de reunião modulares, além de duas plataformas dedicadas para projetos que necessitem de maior interação da equipe.

A Atech já está presente nas instalações do Parque Tecnológico com o Laboratório de Calibração, o Lab.Tech, em que são realizados treinamentos de controladores de voo, em parceria com o ICEA (Instituto do Controle do Espaço Aéreo).

Evento de abertura

O evento de inauguração do espaço no Parque Tecnológico contou com a participação do prefeito de São José dos Campos, Felício Ramuth; do secretário de Inovação e Desenvolvimento Econômico de São José dos Campos, Alberto Alves Marques Filho; do diretor geral do Parque Tecnológico, Marco Antônio Raupp; do presidente da área de defesa e segurança da Embraer, Jackson Medeiros de Farias Schneider, além de clientes e parceiros.

Para o presidente da Atech, Edson Mallaco, a empresa hoje é capaz de oferecer soluções tecnológicas ao mercado corporativo a partir de uma longa e próspera experiência nas áreas de Defesa, Gerenciamento de Tráfego Aéreo, Governo e Segurança Pública.

“Nosso time de São José dos Campos é diferenciado, especializado em pensar em soluções relacionadas à tomada de decisão e ganhos de produtividade em diversos setores, tais como o agronegócio, aeroespacial, utilities, farmacêutico, químico, entre outros. Nosso diferencial é justamente esse, o de conseguirmos desenvolver soluções customizáveis, que atendam aos anseios dos clientes, independente de qual seja sua demanda”, afirma Mallaco.

CategoriesPassion For People

A Atech impacta seu mundo

As iniciativas em Gestão do Conhecimento na Atech têm foco nas diferentes fases de desenvolvimento do saber, passando pela identificação do conhecimento relevante ao negócio, aplicação de práticas a fim de acompanhar, captar, preservar e disseminar este conhecimento entre os colaboradores, protegendo as informações, para que fiquem à disposição da empresa e de nossos negócios.

Dentro deste contexto, a empresa promove todos os anos o Fórum Atech, com o objetivo de disseminar e divulgar o conhecimento entre colaboradores e o público externo, aumentando a integração entre projetos e promovendo a inovação.

 Em sua 4ª edição, o evento deste ano, com o tema A Atech impacta seu mundo, trouxe uma série de palestras de especialistas em assuntos relacionados à transformação digital, inovação e sociedade, tendências em logística, segurança pública, cidades inteligentes, entre outros, em áreas como Defesa, Segurança e Governo, Gestão de Tráfego Aéreo, Mercado Corporativo, UX, segurança da informação e cyber. Com 56 palestras em três dias de evento, contou com sessões especiais e a participação de clientes e colaboradores da Embraer, que compartilharam, além de suas experiências, o conhecimento de como a tecnologia Atech faz parte de seu cotidiano.

“O uso de tecnologias já é uma realidade na vida de toda a sociedade e a Atech, como uma empresa apaixonada por tecnologia, promove um debate aprofundado sobre conectividade, inovação e sociedade, bem como discute a importância de uma sociedade sustentável e apoiada em sistemas inovadores”, explica André Lins Gonzales, responsável pela área de Gestão do Conhecimento da Atech.

Dados do IDC divulgados no primeiro semestre deste ano mostram que, até 2020, pelo menos 40% do PIB da América Latina vai se digitalizar, com o apoio de ofertas, operações e relações melhoradas digitalmente e a articulação de uma estratégia de plataforma tecnológica para a transformação digital.

“Este ano, fomos além dos temas técnicos e promovemos debates sobre o impacto das novas tecnologias na sociedade como um todo. Por isso, além do desenvolvimento de aplicações, discutimos, por meio de palestras apresentadas por profissionais da Atech e personalidades externas, como a transformação digital pode otimizar nossas atividades diárias e melhorar o processo de tomada de decisão”, afirma Gonzales.

Conheça outras práticas de Gestão do Conhecimento na Atech

Os principais objetivos da área de Gestão do Conhecimento da Atech são fortalecer o relacionamento, organizar a informação, capturar, compartilhar e transferir conhecimento, acelerando o aprendizado. Com isso, a Atech busca facilitar programas de desenvolvimento e implantação, bem como os projetos de transferência de tecnologia, acelerando a evolução de seus produtos.Esse é um dos motivos da Atech ser pioneira em inovação.

Entre as demais iniciativas da área de Gestão do Conhecimento está o projeto Pesquisador Atech, que estabelece meios para harmonizar os interesses estratégicos da empresa  com o desenvolvimento pessoal de seus colaboradores através de ações de incentivo e apoio ao ingresso e execução de projetos de pesquisa de mestrado e doutorado em instituições de ensino superior.

O objetivo do programa é contribuir com a melhoria dos processos e dos produtos da organização mediante formação continuada de capital humano e da internação de conhecimento técnico-científico e sua disseminação para suprir demandas internas e a construção / desenvolvimento de competências em áreas estratégicas para a empresa.

Outra prática é o incentivo à publicação de artigos, cujo objetivo é promover a capacidade de expressar conhecimentos sobre tecnologias, processos, projetos. Sua finalidade é comunicar resultados de pesquisas e ideias; clarificar ideias e assuntos; provar teorias ou confirmar hipóteses; contribuir para a produtividade (qualitativa e quantitativa); servir de medida em decisões; contribuir para o progresso científico e técnico e favorecer o intercâmbio científico.

Incentivos como este comprovam-se importantes para a evolução da empresa, aumentando a eficiência operacional e promovendo maior inovação, entre outros benefícios.

CategoriesPassion For People

A Gestão do Conhecimento e suas práticas no panorama da Atech

“O conhecimento e a informação são os recursos estratégicos para o desenvolvimento de qualquer país. Os portadores desses recursos são as pessoas.” Peter Drucker

A execução de um novo programa, crescimento organizacional, priorização de recursos em novas áreas e a formação de conhecimento específico necessário ao negócio, são situações que requerem grandes esforços na manutenção do conhecimento disponível para todos os membros do time e maior eficiência no fluxo de trabalho.

A Atech, uma empresa de base tecnológica que atua diretamente com o conhecimento crítico, enxergou a necessidade de preservar este ativo intangível vital para a sustentabilidade do negócio. Desta forma, criou, há alguns anos, uma área para tratar especificamente a Gestão do Conhecimento (GC).

Buscando facilitar o processo de preservação e reuso das informações, a GC mapeou o conhecimento crítico da empresa, tanto para o desenvolvimento das atividades atuais, como para a evolução dos produtos e serviços, visando o futuro do negócio.

As iniciativas em GC na Atech têm foco nas diferentes fases de desenvolvimento do saber, passando pela identificação do conhecimento relevante ao negócio, aplicação de práticas a fim de acompanhar, captar, preservar e disseminar este conhecimento entre os colaboradores, protegendo as informações, para que fiquem à disposição da empresa e de nossos negócios.

Identificação

Visando melhorar operações, processos e produtos da empresa, a Gestão do Conhecimento na Atech atua diretamente na padronização dos registros de Lições Aprendidas e na gestão da base em que são registradas. O objetivo é identificar desvios em relação ao planejamento de um projeto ou atividade, do ponto de vista positivo ou negativo, para que estes sejam captados, verificados, validados e incorporados aos procedimentos da empresa, evitando a recorrência de falhas, que estarão registradas no sistema e deverão ser consultadas antes do início das atividades, exercendo a excelência na qualidade dos serviços prestados e promovendo a melhoria contínua.

Desenvolvimento

Tendo em vista a progressão do conhecimento e dos funcionários, alinhados à estratégia e à sustentabilidade do negócio, foram criadas as Trilhas de Desenvolvimento. Trata-se de conjuntos de cursos, elaborados com base no conhecimento tácito obtido dos especialistas de cada área, que são formalizados e transmitidos por meio de treinamentos. Estes cursos são disponibilizados por módulos sequenciais, atribuídos às áreas de negócios da empresa, resultando em trilhas personalizadas, com diferentes níveis de profundidade (básico, intermediário e avançado).

Compartilhamento

Dentre um conjunto de ferramentas, o Fórum Atech foi criado pela área de Gestão do Conhecimento com o objetivo principal de compartilhar internamente as atividades em desenvolvimento, por meio de palestras ministradas por nossos funcionários. Dessa forma, permitimos que as pessoas interessadas nos assuntos abordados no evento aprofundem seus conhecimentos, gerando oportunidades de sinergia, melhorias e desenvolvimento de produtos, impactantes às áreas de negócios. O evento ocorre anualmente, com palestras de curta duração, para que os funcionários da Atech possam participar sem impactar o desenvolvimento de suas atividades.

Ainda com foco no compartilhamento do conhecimento, a área de Inovação da Atech criou o Workshop de Inovação.  Durante este evento, membros da equipe ficam alocados para dar explicações sobre os projetos desenvolvidos pela equipe durante o ano.

Proteção e Disponibilidade

Uma vez identificados e registrados, os conhecimentos precisam ser mantidos e disponibilizados de forma que sejam facilmente acessados. Para que isso seja possível, faz-se necessária uma boa estruturação das informações, de forma que sejam apresentadas de diferentes maneiras que façam sentido para as pessoas.

Assim, foram identificadas as necessidades de renovação da intranet da empresa e a criação de um Portal focado na Gestão do Conhecimento. Esta iniciativa foi tomada, conjuntamente, pelas áreas de Recursos Humanos Estratégicos, Comunicação Interna, Marketing e Gestão do Conhecimento. O portal de Gestão do Conhecimento foi posicionado de forma a ser visível e acessível por toda a estrutura organizacional da empresa, tornando o conhecimento mais relevante e disponível a todos os colaboradores.

Os portais de cada projeto e área são criados de forma incremental e sob demanda. Durante esse processo, as novas equipes envolvidas compartilham feedbacks quanto à organização da informação, de forma que o Portal e sua estrutura sempre evoluam para atender às demandas de pessoas e equipes.

Mudança Cultural

Diante do panorama dessas iniciativas, a Atech transita por um período de mudança cultural, de forma que os procedimentos relacionados à Gestão do Conhecimento passaram a fazer parte das atividades diárias da empresa, sendo incorporadas a ela, transmutando para um ambiente colaborativo, onde todos podem usufruir e melhorar constantemente seu trabalho, mantendo o dinamismo e evolução da organização e das pessoas que nela atuam. Esta evolução tem como foco aumentar a eficiência operacional, reduzir custos com retrabalho, promover maior inovação, entre outros benefícios para a empresa e todos que nela atuam.

A GC na Atech contempla outras práticas, não mencionadas neste texto. No futuro, apresentaremos novas postagens, abordando as demais iniciativas de GC na Atech. Enquanto isso, você pode clicar aqui para acessar o site da Sociedade Brasileira da Gestão do Conhecimento.

Para saber mais sobre a Atech e o que fazemos, acesse o conteúdo disponibilizado em nosso slideshare.

 

CategoriesPassion For People

Especial Mês da Mulher: Confira nossas dicas para manter o debate o ano todo

Neste mês de março, falamos sobre temas como assédio, respeito e o valor da mulher em inúmeras áreas, especialmente na tecnologia.

Mas esse assunto deve ir além do mês de março. Precisamos que atitudes como respeito, educação, reconhecimento e valorização sejam parte do nosso dia a dia durante todo o ano.

Por isso, para concluir essa ação, preparamos uma lista de dicas, incluindo podcasts, documentários, seriados, livros e filmes para você saber mais. Aproveite este conteúdo e mantenha o respeito em alta todos os dias!

Poscasts

  • Hipsters

Episódios: Mulheres na Tecnologia e Vida de Programadora

  • Lambda 3

Episódios: Mulheres na Tecnologia e Manifesto pela Diversidade na Tecnologia

  • Mamilos

Episódio: Beleza para Quem

  • Sinuca de bico

Episódios: Mães no Mercado de Trabalho (Parte 1 e Parte 2)

 

Reportagens sobre Comunidades de Mulheres na TI

 

Livros

 

Documentários*

  • She’s Beautiful When She’s Angry
  • O começo da vida
  • The Mask you live in
  • Nina Simone
  • Amy Winehouse
  • Malala
  • Frida

*Todos disponíveis no catálogo da Netflix

 

Seriados

  • Alias Grace
  • As Telefonistas
  • The Handmaid’s Tale
  • Gilmore Girls

 

Filmes

  • The Post: a Guerra Decreta
  • Estrelas Além do Tempo
  • As Sufragistas
  • Menina de Ouro

 

Curtas

  • Lei da Mulher

 

Vídeos de Humor

Porta dos fundos:

 

TED Talks

 

Outros vídeos