CategoriesExcelência Operacional,  Logística,  Melhoria Contínua

Mapeamento de processos-chave: identifique pontos de melhoria e melhore processos logísticos

De forma bem resumida, a logística pode ser definida como o processo de planejar, executar e controlar o transporte, a movimentação, o armazenamento de mercadorias dentro e fora das empresas e a entrega ao cliente final. Mas a eficiência da cadeia logística depende de sua visibilidade, identificando pontos de melhoria que podem otimizar a sua produtividade. Mas como é possível adquirir esse conhecimento? Com o mapeamento de processos-chave, que oferece uma visão de todas as etapas e atividades e a capacidade de gerenciamento para a melhoria contínua.

O mapeamento de processos-chave é que vai identificar todas as atividades que precisam ser realizadas para a operação logística ocorra com mais eficiência, no menor tempo e custo possíveis e quais são as atividades críticas que podem causar atraso.

A logística enxuta

Melhoria contínua (kaizen) e redução do desperdício (lean) são a base da logística enxuta.

Na melhoria contínua, o importante não é quanto se melhora, mas sim o momento de melhoria, mesmo que mínima, aprimorando ainda mais os processos e influenciando a diminuição dos custos, aproveitando o conhecimento acumulado ao longo da operação logística.

Já a filosofia lean aplicada na logística visa reduzir desperdícios presentes em atividades de movimentação, separação, endereçamentos, conferências, carregamentos, entre outras.

O grande desafio está em que para implantar estratégias de melhoria contínua e de redução de desperdício é preciso conhecer todos os processos da cadeia logística, o que só é possível a partir do seu mapeamento.

O mapeamento de processos-chave na logística permite:

  • Identificar falhas
  • Descartar tarefas desnecessárias
  • Reduzir desperdício – tempo, materiais e recursos – base da metodologia lean
  • Minimizar retrabalhos ou atrasos
  • Reduzir custos
  • Automatizar rotinas
  • Agilizar processos
  • Controlar e monitorar
  • Identificar tarefas em cada processo
  • Padronizar atividades
  • Implantar estratégia de melhoria contínua (kaizen)
  • Melhorar os serviços de entrega
  • Aumentar a satisfação do cliente

Como montar um fluxograma de processos

O engenheiro Erik Cabral, da Empresa Júnior de Arquitetura e engenharia da USP São Carlos, apresenta de forma clara e concisa quais são as principais etapas do mapeamento de processos-chave na logística:

Observar processos – Acompanhe a execução de todos os processos. Recolha informações referentes a entradas e saídas de materiais e dados nos sistemas; fornecedores logísticos; métodos de trabalho aplicados; tecnologia aplicada no setor, principais clientes e demanda. Após consolidar essas informações é hora de montar o fluxograma

Montar o fluxograma – Nessa etapa do mapeamento de processos-chave tenha em mente a ideia de agrupar as informações e construir um sistema lógico e sequenciado, que demonstre todas as etapas de um processo logístico. É fundamental que o fluxograma seja fiel a como os processos são desenvolvidos já que ele será usado para identificar erros e oportunidades.

Identificar erros – Durante a avaliação do fluxograma é possível enxergar o que está prejudicando o andamento de todo o andamento de todo o processo, identificando pontos fracos e vulneráveis da cadeia de produção. Uma vez encontrada a falha, medidas de superação podem ser adotadas. No caso de atraso nas entregas, por exemplo, com o mapeamento de processos-chave será possível saber onde e em que momento está o erro, e então implantar ações corretivas.

Identificar oportunidades – Com o mapa pronto é possível analisar de forma mais assertiva qual a real situação da sua empresa e, assim, encontrar o diferencial competitivo do seu negócio e também implantar estratégias de melhoria contínua nos pontos positivos. Tudo que está bom pode ainda ser melhor.

Redesenhar processos – Agora que você já identificou diferenciais, erros e acertos, é hora de redesenhar os processos. Crie um novo fluxograma mostrando como serão executados os processos a partir da sua remodelagem, elencando quais benefícios serão percebidos com as mudanças.

De imediato, efetuar o mapeamento dos processos-chave da logística pode parecer uma tarefa complicada, principalmente se a sua empresa não conta com os recursos e conhecimentos necessários para realizar essa tarefa. Para garantir o sucesso da sua jornada rumo à logística enxuta, conte com a expertise da equipe de Serviços de Excelência da Atech, que reúne os melhores profissionais do mercado e a experiência no atendimento a clientes dos mais variados setores da economia.