CategoriesLogística,  Senior

Saiba como facilitar a inspeção de qualidade nos processos logísticos

A área de cadeia de suprimento vem enfrentando grandes desafios para se adaptar ao conceito de Indústria 4.0, e deve atuar de forma mais abrangente, com maior visibilidade em toda a cadeia logística. Somam-se a isso as demandas de redução de custos e aumento de produtividade, em um ambiente cada vez mais competitivo. Por isso, é cada vez mais importante implantar estratégias de inspeção de qualidade nos processos logísticos, meta que pode ser alcançada atualmente com o uso de inovadoras soluções digitais baseadas na Internet das Coisas (Internet of Things – IoT)

Pesquisa realizada pela consultoria Frost & Sullivan em 2017 indica que a indústria automotiva e as verticais de manufatura são as áreas que mais estão investindo em soluções de IoT – segmentos altamente dependentes de cadeias de suprimentos e de logística eficientes. Além disso, o estudo também indica que o mercado no Brasil alcançará receitas de US$ 3,29 bilhões em 2021, considerando hardware, software e serviços diretamente ligados a soluções IoT, comprovando o apetite do mercado.

“A tecnologia começa a ser embarcada nos produtos, junto com módulos de conectividade, permitindo às empresas extrair informações sobre a experiência do consumidor, analisar e definir ações. É uma revolução centrada no consumidor, direcionada pela transformação digital”, afirma Renato Pasquini, diretor de pesquisa e consultoria em transformação digital da Frost & Sullivan para América Latina.

Fundamental para obter vantagem competitiva

Um estudo feito pela Vanson Bourne, consultoria especializada em pesquisas de mercado, aponta que nove em cada dez das 500 empresas entrevistadas já monitoram a maioria dos seus processos operacionais. Na área de transporte, 87% das empresas consideram que a IoT será fundamental para obter vantagem competitiva, permitindo interferir na gestão e otimizar seus os processos logísticos.

E, se levarmos em consideração que até 2050 a estimativa é de que a população mundial chegue a quase 10 bilhões, resultando em uma explosão na demanda de produtos e serviços, as mudanças nas cadeias de suprimentos globais será profunda, exigindo cada vez mais o uso de dados e inteligência.

Isso significa que a IoT, nesse cenário, é um diferencial para as empresas que de fato a usam como ferramenta impulsionadora para melhores resultados, transformando os processos de tomada de decisão logística, bem como processos de inspeção de qualidade dos processos logísticos, avaliando como insumos e produtos são armazenador, transportados e entregues ao cliente.

Como a IoT influencia na inspeção de qualidade dos processos logísticos

Analistas da consultoria Deloitte estão bem otimistas em relação à adoção de soluções de IoT no setor de logística. Segundo eles, o negócio da logística, que envolve o transporte de insumos e produtos pelo céu, mar, ferrovias, estradas, faz com que seja necessária a integração os dados em tempo real sobre cada modal para uma rápida tomada de decisão.

Com isso, o setor rapidamente entendeu as vantagens dos sensores e tecnologias de conexão para a inspeção de qualidade dos processos logísticos, o que o coloca como um dos mais avançados na transformação digital.

As soluções de IoT adotadas nas diversas modalidades de transporte permitem que os usuários rastreiem as suas cargas não apenas em trânsito, mas em geo-fenced– de um perímetro virtual para uma área geográfica real – a qualquer momento.

E também permite avaliar níveis de carga, vazão, temperatura, atmosfera interna, choque, movimento, combustível e óleo, chegando a pressões de pneus, abertura, fechamento da porta, ativação/desativação do dispositivo, adulteração/invasão e muito outros indicadores do estado do ativo.

Entre as maiores vantagens do uso da IoT na cadeia logística, eles destacam:


Aplicações de IoT para a cadeia logística

 

 

Monitoramento de espaço livre para armazenamento e gestão de estoque

 

 

 

Planejamento de rotas

 

 

Otimização de rotas

 

 

Gerenciamento de consumo de energia

 

Identificação e resolução de falhas

 

Sistemas podem monitorar e alertar sobre a presença de espaços livre em armazéns,
portos e estacionamentos e também rastrear de forma automática a movimentação de mercadorias e equipamentos

 

Sistemas podem identificar e avaliar eventos como acidentes de trânsito que aconteçam na rota de entrega, permitindo uma melhor previsão da data de entrega

 

 

Ferramentas podem mapear as rotas mais curtas ou mais apropriadas para cada tipo de veículo de entrega

 

Ferramentas podem monitorar e permitir a melhor tomada de decisão sobre consumo de combustível, iluminação e aquecimento e/ou resfriamento dentro de veículos e instalações

 

 

Sistemas podem monitorar frotas de veículos, aviões e navios identificando possíveis falhas e indicando necessidades de manutenção e manter as revisões atualizadas e documentadas, aumentando a vida útil da frota

 

 

Além disso, os analistas também destacam como as soluções de IoT, desde que contem com uma rede capaz de entregar os dados em tempo real, contribuem para a eficiência da cadeia e satisfação do cliente:


Aplicações de IoT para controle de
qualidade da entrega de mercadorias

 

 

Monitoramento e gerenciamento do ambiente

 

Detecção e controle
de roubos

Rastreamento em
tempo real

 

Sistemas podem monitorar e ajustar a temperatura do local onde a mercadoria está armazenada ou sendo transportada

 

Ferramentas podem ajudar a detectar quando um container é aberto sem autorização, prevenindo e reduzindo o índice de roubos

 

 

Sistemas que podem rastrear e monitorar o percurso não apenas veículos ou carregamentos, mas também de cada item que está sendo entregue

 

 

Definindo a melhor estratégia

Os objetivos e demandas de soluções IoT variam conforme a necessidade de cada player dos setores de transporte e de logística. Por isso, as empresas devem definir uma meta, escolher a necessidade de negócio que será atendida, desenvolver uma solução e construir um plano de ação.

E como o escopo irá variar não só de empresa para empresa, mas também conforme a necessidade do negócio em um determinado momento, é preciso contar com um parceiro que tenha expertise e flexibilidade para atender a essas demandas. Essa parceria é que vai ampliar a capacidade das empresas de usar e capitalizar as inovadoras soluções que darão mais eficiência à inspeção de qualidade nos processos logísticos, dentro do contexto do seu planejamento estratégico.

Conheça a solução OKTO para gestão de ativos desenvolvida pela Atech, que oferece gestão integrada dos processos logísticos. Entre em contato.