Conheça os avanços da Logística 4.0 para criar rotas inteligentes
CategoriesLogística,  NXT

Conheça os avanços da Logística 4.0 para criar rotas inteligentes

Para manter a sustentabilidade financeira em um ambiente altamente competitivo e desafiador, as empresas de transporte e de logística precisam cada vez mais tomar decisões estratégicas ousadas. O conceito de logística 4.0, baseada em tecnologia, inteligência e análise de dados, é que vai apoiar esse novo cenário e otimizar o transporte de mercadorias, com um melhor planejamento de rotas.

A matriz logística brasileira é concentrada no modal rodoviário (62,70%, segundo estudo realizado em 2016 pelo Ipea – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), enquanto o ferroviário responde por 21,70% e o aquaviário 11,70%. Essa concentração, aliada a fatores como estradas precárias, roubo de cargas, entre outros, faz com que o custo logístico brasileiro seja alto.

Informações do Plano de Transporte e Logística da CNT (Confederação Nacional do Transporte) apontam que, no Brasil, em 2016, os custos logísticos em rodovias representaram 11,6% do PIB (Produto Interno Bruto). Em comparação, nos Estados Unidos, a porcentagem é de 8,7%.

E para as empresas, a estimativa é que os gastos com logística, considerando custos com transporte, estoque e armazenagem, representem 7,6% da sua receita líquida.

A logística 4.0 e as novas possibilidades

A logística 4.0 está baseada na IoT (Internet of Things, ou Internet das Coisas), onde caminhões, equipamentos, sensores, câmeras e muitas outras “coisas” trocam informações em tempo real. Integrar todos esses dados e os transformar em inteligência é que vai garantir a sobrevivência do negócio. A digitalização da logística reduz custos, melhora a eficiência, flexibiliza o trajeto, entre outras possibilidades que gerem mais valor para o negócio.

A consultoria McKinsey realizou um estudo sobre como as empresas de transporte e de logística podem gerar mais valor e aumentar a sua lucratividade, já que o setor comumente apresenta um ROIC (Retorno sobre o Capital Investido) inferior a outros setores como varejo e utilities.

Segundo os analistas, o futuro do setor de logística será direcionado por algumas megatendências, que são, entre outras:

  • Megacidades e rotas de transporte
  • Transporte compartilhado
  • Novos mercados
  • Maior eficiência operacional

E o que todas essas megatendências têm em comum? A tecnologia e a inteligência da logística 4.0: sensores, conexões seguras e velozes que transportem as informações, ferramentas de Big Data que transformem dados em inteligência, soluções de ativos e logística, como a plataforma OKTO, que integrem toda a cadeia.

Conexão, sistemas de roteirização e de rastreamento e inteligência, é que permitirão analisar e cruzar, em tempo real, por exemplo, informações meteorológicas, possíveis congestionamentos, restrição de trânsito, e ajustar automaticamente a rota de um caminhão, otimizando o caminho entre o ponto A e o ponto B dentro de uma megacidade.

Para o compartilhamento, é preciso integrar sistemas industriais, administrativos e logísticos de todos os parceiros envolvidos no transporte. Além disso, novos modelos de negócios baseados na economia compartilhada, como o Uber, servem de modelo para o compartilhamento de espaço entre as transportadoras. E, para isso, também é preciso tecnologia e conexão.

Abrir novos mercados implica na coleta e análise de informações as mais diversas, com o uso de ferramentas gerenciais que auxiliem e agilizem a tomada de decisão.

Já uma maior eficiência operacional, planejando rotas que unam agilidade no transporte e menos custos na operação, só será possível com automação, mobilidade, monitoramento em tempo real, análise preditiva e procedimentos mais inteligentes de carga e descarga.

Como a logística 4.0 otimiza rotas

Identificar rotas inteligentes é uma das possibilidades de otimização oferecidas pela logística 4.0, melhorando o serviço de entrega e atendimento ao cliente. Com soluções de gestão e governança do processo logístico, é possível analisar todas as variáveis que envolvem o transporte de carga, como a melhor rota, condições e restrições de circulação de vias, restrições dos clientes com relação ao recebimento, condições das estradas e até mesmo riscos de roubo de carga.

E quais são as principais vantagens de definir a rota mais inteligente para o transporte de cargas?

Em primeiro lugar, com o monitoramento da carga, podemos destacar a otimização das rotas de coletas e de entregas, planejando as rotas de modo a cumprir o calendário, levando em consideração tempo, localidade e o perfil de entrega, com flexibilidade para acompanhar possíveis mudanças identificadas pelo monitoramento da carga em tempo real.

Esse monitoramento também contribui para a segurança, pois permite identificar em tempo real qualquer desvio de rota que, caso não tenha sido prevista, pode indicar que o veículo foi alvo de bandidos e o consequente acionamento da polícia.

Em segundo lugar, temos a redução dos custos da operação, com economia de combustível e menos gastos com a manutenção da frota, como troca de pneus, contribuindo para a tendência mundial de implantação de uma logística sustentável, com menos utilização dos recursos naturais e emissão de poluentes.

E finalmente, adotar melhores práticas, com uma logística voltada para o cliente, aumenta a fidelização, oferecendo preço justo, prazo de entrega, integridade da carga. Essa fidelização permite conquistar vantagens competitivas e gerar mais valor para toda a cadeia.

A importância da gestão integrada de processos

No cenário da logística 4.0 os procedimentos administrativos e operacionais devem funcionar de maneira integrada, contribuindo para o acompanhamento dos resultados e oferecendo relatórios em dashboards customizados que entregam inteligência para a tomada de decisões.

O conjunto de soluções único para a Gestão de Ativos e Logística – o OKTO – desenvolvido pela Atech, oferece essa inteligência na gestão integrada de processos, otimizando:

  • O planejamento e execução da operação
  • O gerenciamento de serviços
  • A gestão de eventos
  • O gerenciamento de documentos do processo e custos
  • O agendamento de transporte de cargas

Conheça todas as vantagens de contar com a plataforma OKTO, automatizando processos e tarefas.