Veja como monitorar a gestão logística de ponta a ponta
CategoriesLogística,  Senior

Veja como monitorar a gestão logística de ponta a ponta

A capacidade de monitorar a gestão logística de ponta a ponta, com total visibilidade de toda a cadeia de produção, é fundamental para manter a competitividade das empresas, permitindo a tomada de decisões baseadas em informações confiáveis e atualizadas. Afinal, os gastos com logística são altos e representam 7,6% da receita líquida das empresas brasileiras, considerando custos com transporte, estoque e armazenagem, segundo o Panorama ILOS Custos Logísticos no Brasil – 2017. O relatório também aponta que esses custos logísticos correspondem a 12,3% do PIB nacional.

Em uma economia globalizada e os seus consequentes desafios para reduzir custos, aumentar a eficiência e atender a clientes mais exigentes, o uso de novas tecnologias que entreguem maior visibilidade da gestão logística é imprescindível para dar mais agilidade e inteligência às operações. A falta de transparência em toda a cadeia de suprimentos pode levar a decisões erradas, oportunidades perdidas, aumento de custos e perda de clientes.

A digitalização da cadeia de suprimentos

Segundo a consultoria Gartner, é preciso investir na digitalização da cadeia de suprimentos, envolvendo não apenas a empresa, mas também seus parceiros, identificando as áreas mais estratégicas para o negócio e para os clientes.

Para os analistas, a maior visibilidade e melhor gestão logística ponta a ponta pode aumentar drasticamente a eficiência de toda a cadeia de suprimentos. Mas, para isso, é preciso investir na integração entre sistemas, possibilitando a coleta e análise de dados, obtendo insights que permitam identificar oportunidades para reduzir custos e otimizar processos.

Com visibilidade, provedores de serviços logísticos podem implantar uma “cadeia de suprimentos orientada para a demanda” e, assim, ter mais controle, uma melhor comunicação com todos os parceiros, mais agilidade para atender a novas demandas, capacidade de resolver problemas de forma proativa e oferecer melhores serviços ao cliente.

E é essa visibilidade que vai evitar interrupções na cadeia de suprimentos, antecipando problemas. De acordo com o último relatório elaborado pelo Business Continuity Institute, essas interrupções, provocadas por falhas de fornecedores, greves de motoristas, desastres naturais, entre outros motivos, resultam em queda de produtividade (55%) e aumento dos custos (46%).

A logística 4.0

Essa inteligência na gestão logística proporcionada por novas tecnologias, integrando dados de sistemas industriais, administrativos e logísticos da empresa, parceiros e operadores, é a base da logística 4.0, fornecendo suporte para produtos existentes e, também, reduzindo o tempo de entrada no mercado para novos produtos e serviços.

Essas novas tecnologias incluem a Internet das Coisas e seus sensores, computação na nuvem, Big Data e automação com uso de robótica, veículos autônomos e realidade virtual.

A integração do rastreamento entre fábrica, armazéns, transporte e entrega, combinado à capacidade de alertas em tempo real, permite que produtores, fornecedores, parceiros e clientes gerenciem melhor o desempenho e riscos da cadeia logística. Juntar as peças desse quebra-cabeça logístico leva a um gerenciamento mais holístico e em tempo real de todo o ecossistema, mudando de uma gestão logística fragmentada para uma abordagem integrada de gerenciamento ponta a ponta da cadeia de suprimentos.

Como aumentar a visibilidade na cadeia de suprimentos

Tecnologia e pessoas. Esse é o binômio capaz de gerar verdadeiras melhorias operacionais. A tecnologia entrega as informações e as pessoas decidem quais ações são as mais adequadas.

Então, como aproveitar esse novo cenário para otimizar a gestão da logística?

Em primeiro lugar, é preciso facilitar a comunicação entre todas as partes envolvidas, definindo quais dados devem ser compartilhados, e com quem, em todos os estágios da cadeia de suprimentos.

Em segundo lugar, defina seus indicadores de performance, estabelecendo metas e prazos. Avalie sempre quanto falta para atingir uma meta e quais resultados já foram alcançados.

Em terceiro lugar, é hora de mensurar os resultados obtidos com a maior visibilidade no monitoramento das operações logísticas. Identifique se já houve redução de custos, melhora no planejamento e administração do transporte e melhor atendimento ao cliente. Compartilhe os resultados com os parceiros e avalie se eles também já registraram melhorias em seus processos. Aproveite para identificar falhas e fazer pequenas correções.

E, finalmente, procure o parceiro tecnológico capaz de entregar soluções inovadoras para realizar a gestão e a governança do processo logístico global com confiabilidade, segurança e alto desempenho, integrando sistemas industriais, administrativos e logísticos de todos os envolvidos. O conjunto de soluções de gestão de ativos e logística OKTO, desenvolvido pela Atech, é capaz de agregar mais inteligência á sua gestão logística.